João Moreira     |       15 jan 2018

Aloisio, o Boi Bandido, vai ficar na China

Desejo de muitos são-paulinos para reforçar a equipe, o atacante Aloisio acertou com o Meizhou Meixian Techand, da segunda divisão chinesa, pelos próximos dois anos. O Tricolor chegou a sondar o jogador quando acabou o contrato do atleta com seu antigo clube, o Hebei Fortune. O valor da negociação assustou os dirigentes do Morumbi e travaram a concretização do negócio. Além do São Paulo, outros clubes brasileiros também estudaram a situação do atleta.

CARREIRA NA CHINA

Aloisio Boi Bandido vai jogar sua 5ª temporada na China. O jogador de 29 anos chegou ao país asiático em 2014, contratado pelo Shandong Luneng junto ao São Paulo. Nos dois anos e meio que permaneceu no clube, o atacante anotou 41 gols em 85 jogos. Em 2016, transferiu-se para o Hebei Fortune, onde jogou 37 vezes e marcou 20 gols. Ao todo, Aloisio ganhou dois títulos na China: a Copa da China e a Supercopa da China, além de ter sido o artilheiro do campeonato chinês com 22 gols em 2015.

TRAJETÓRIA

O atacante foi revelado nas categorias de base do Grêmio, clube no qual estreou nos profissionais em 2007. No mesmo ano foi emprestado ao Chiasso, da Suíça, onde permaneceu por duas temporadas. Voltou ao Brasil para defender o Caxias (RS). Após a passagem pelo time da serra gaúcha foi para o futebol catarinense. Primeiro defendeu a Chapecoense e depois o Figueirense. No time de Florianópolis se destacou e chamou a atenção do São Paulo, que o contratou para a temporada de 2013. No clube paulista, Aloisio atuou em 66 jogos e marcou 21 gols. Após o ótimo 2013, Aloisio foi contratado pelo futebol chinês.

Foto: UOL Esporte