Robinho a caminho da Turquia
  João Moreira     |       22 jan 2018

Robinho a caminho da Turquia

Parece que o destino de Robinho finalmente está decidido. O Sivasspor, time da primeira divisão turca, anunciou nesta segunda-feira que chegou a um acordo inicial com o atacante e que só aguarda a formalização do contrato para anunciar o ex-jogador de Atlético-MG e Santos.

Robinho, que está sem clube desde 31 de dezembro do ano passado quando encerrou seu vínculo com o Atlético-MG, é esperado na Turquia nesta terça-feira para assinar o contrato.

REJEIÇÃO NO BRASIL

Especulado em algumas equipes do Brasil, Robinho sofre rejeição em boa parte das torcidas, o que faz com que algumas diretorias desistam do negócio ao sentir a insatisfação. Alguns motivos contribuem e muito para tal. A primeira é a fama de não permanecer muito tempo nos clubes em que joga e também por ser um custo-benefício ingrato. Além disso, a condenação em primeira instância a 9 anos de prisão por violação sexual determinada pela justiça italiana em novembro de 2017 gerou a ira de torcedoras e torcedores do Atlético-MG à época e, posteriormente, dos torcedores das equipes em que o nome do atacante foi ventilado.

TRAJETÓRIA

Robinho surgiu no Santos em 2002 e foi fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro de 2002 e 2004. O futebol mágico e vistoso do atacante chamou a atenção do Real Madrid, que o contratou por cerca de 50 milhões de dólares em 2005. A passagem no time espanhol foi sem brilho e o jogador acabou negociado em 2008 com o Manchester City por 40 milhões de euros. Em 2010, Robinho retornou ao Santos por empréstimo e conquistou a Copa do Brasil ao lado de Neymar. Na temporada seguinte foi vendido ao Milan, onde permaneceu durante quatro anos e conquistou um título do Campeonato Italiano. Em 2014 teve sua terceira passagem pelo Santos. Após um ano no clube que o revelou, optou por não renovar o contrato e se transferiu por 6 meses para o Guangzhou Evergrande (CHN). O Atlético-MG foi o clube responsável por repatriar Robinho em 2016. No clube mineiro conquistou apenas um título estadual. Pela seleção brasileira, Robinho disputou duas Copas do Mundo e conquistou uma Copa América e duas Copa das Confederações.

Foto: Divulgação/El País