Afonso Canavilhas     |       20 fev 2018

Real Madrid enfrenta "besta negra"

Essa quarta-feira, para além das duas partidas relativas às oitavas da Liga dos Campeões, tem jogo na Espanha. O Real Madrid se desloca ao reduto do Leganés para acertar calendário. O emblema dos subúrbios da capital espanhol foi responsável por eliminar o conjunto "merengue" da Copa do Rei.

Não se trata de um "retorno ao local do crime", até porque o Real Madrid chegou a vencer a partida de ida disputada no Butarque (0-1), mas esse confronto com o Leganés representa um reencontro com uma verdadeira "besta negra" para o Real Madrid. Os comandados de Zinedine Zidane acertam calendário nessa quarta-feira, disputando um encontro relativo à rodada 16 do primeiro escalão espanhol que foi adiado devido à participação madrilena na Copa do Mundo de clubes, em dezembro.

Chegados a esse momento da temporada, o Real Madrid já só tem um objetivo: a Liga dos Campeões, prova que ambiciona conquistar pela terceira vez consecutiva. O primeiro passo na fase a eliminar está dado: vitória frente aos franceses do PSG por três a um no Bernabéu, abrindo ótimas perspetivas para a partida de volta no Parc des Princes, em Paris.

No campeonato, as hipóteses são praticamente nulas: mesmo que vença a partida no Butarque, o Real Madrid ficará a 14 pontos de distância do líder Barcelona, se habilitando a uma das piores prestações de sempre na prova. A atual situação, assim como o calendário apertado, poderão levar Zizou a optar por deixar alguns habituais titulares de fora dessa partida, privilegiando a aposta em unidades menos utilizadas. Independentemente de tudo, o Real Madrid continua a ser um time que entretém a plateia e muito capaz em termos atacantes. Nas últimas duas partidas que disputou para o campeonato espanhol, o Real Madrid apontou dez gols: cinco na receção à Real Sociedad e outros tantos em Sevilha, frente ao Bétis, consentido cinco na sequência. Seu desaire mais recente, há cinco jogos atrás, foi precisamente frente ao Leganés, no Bernabéu (0-1).

Os donos da casa, 11 pontos acima da zona de perigo, não deverão passar por grandes dificuldades para assegurar a permanência. Se replicar a exibição que realizou frente ao Real no Butarque para a Copa do Rei, o Leganés estará sempre bem mais perto do sucesso. A “barreira psicológica” está derrubada: o triunfo no Bernabéu foi o primeiro da história do Leganés frente ao Real Madrid em toda a história.

Apesar de tudo, a fase que o time atravessa não é a melhor e chega nesse encontro após cinco partidas sem triunfar e três desaires consecutivos. Não faz um gol há quatro jogos, registo preocupante.

Foto: "Real Madrid CF"