João Moreira     |       05 fev 2018

Seedorf é o novo técnico do La Coruña

Clarence Seedorf foi anunciado nesta segunda-feira como treinador do Deportivo La Coruña. O acordo entre o clube espanhol e o ex-técnico do Milan é válido até o fim da atual temporada. O holandês tem a dura missão de livrar o time da Galícia do rebaixamento no campeonato espanhol. Atualmente, a equipe ocupa a 18ª posição com 17 pontos, quatro a mais que o último colocado Málaga e três a menos que o Levante, primeiro time acima da zona de rebaixamento.

Nem Seedorf nem La Coruña viam um ao outro como plano A em suas perspectivas. O treinador quase fechou com o Atlético-PR no começo do ano. Desavenças na negociação do contrato emperraram a apresentação do ex-jogador do Botafogo como comandante do Furacão para a temporada de 2018. Já os espanhóis procuraram dois técnicos para assumir o time antes de entrar em contato com o holandês: os uruguaios Martin Lasarte e Diego Alonso. O primeiro rejeitou a proposta e o segundo não pode assumir o clube por problemas burocráticos.

APOSTA DE RISCO

A opção do Deportivo La Coruña por Clarence Seedorf como treinador do time é mais uma das provas de que a direção do clube espanhol está perdida e desesperada com a iminência de um rebaixamento. O holandês chega para ser o quarto técnico do time no período de um ano. Antes dele, Gaizka Garitano (jun/16 - fev/17), Pepe Mel (fev/17 - out/17) e Cristóbal Parralo (out/17 - fev/18) passaram pelo comando técnico da equipe e foram rapidamente descartados. O currículo de Seedorf não faz com que o torcedor deportista tenha muitas esperanças em viver dias melhores. Uma passagem curta pelo Milan e outra pelo Shenzhen (China), ambas sem sucesso, é tudo o que Seedorf viveu como treinador até aqui. O holandês quer mostrar serviço e, talvez, o fator midiático que carrega o anúncio de um nome como o de Clarence faça com que o ambiente do clube se torne mais leve daqui pra frente. Porém, o novo treinador vai ter que trabalhar e muito para tirar o clube da atual situação e mostrar que tem uma carreira promissora no banco de reservas. O tempo está correndo. Seedorf e La Coruña têm 16 rodadas para se ajudarem. Cada qual em seu propósito.

Foto: Twitter oficial do Deportivo La Coruña