Zagueiro do Villareal é preso por tentativa de homicídio
  João Moreira     |       22 fev 2018

Zagueiro do Villareal é preso por tentativa de homicídio

O zagueiro português Rubén Semedo, contratado no começo da temporada pelo Villarreal junto ao Sporting por 14 milhões de euros, foi preso preventivamente pela polícia espanhola sob a acusação de tentativa de homicídio, agressão, ameaça, sequestro, porte ilegal de arma e roubo com uso de violência.

O jogador de 23 anos é acusado, ao lado de um primo e de um amigo, de ter sequestrado um homem. O trio teria agredido um rapaz com tacos de beisebol, ameaçado cortar um dedo da vítima e ainda ter colocado uma arma na cabeça do suposto agredido. Além de manter o homem amarrado com cordas num dos cômodos da casa do zagueiro, os três ainda roubaram as chaves da casa da vítima e levaram 24 mil euros, um computador e outros objetos de valor.

Especula-se que o homem submetido a essas agressões teria algum tipo de ligação com Semedo, uma vez que ele se dirigiu até a casa do jogador para devolver um carro emprestado pelo atleta e foi aí que se iniciou o sequestro. O rapaz conseguiu escapar quando os outros homens que ajudavam Semedo se distraíram enquanto iam buscar um outro indivíduo que devia dinheiro ao atleta do Villarreal. Durante a fuga, o português teria efetuado dois disparos em direção ao fugitivo, que escapou sem ser atingido.

A polícia espanhola realizou busca na residência de Semedo e encontrou uma pistola, que supostamente foi a usada para efetuar os disparos, com o número de série raspado. O jogador foi detido na terça-feira para interrogatório e, nesta quinta, teve a prisão preventiva decretada diante do iminente perigo de fuga do atleta.

O advogado de Semedo informou que o jogador está desolado com a situação e que seu cliente alega inocência. Já o Villarreal informou por meio de nota oficial que está preocupada com o caso e que já abriu tratativas para investigar o jogador. O Submarino Amarelo prometeu medidas disciplinares com o máximo de rigor caso as acusações se confirmem. Rubén Semedo atuou em apenas cinco partidas pelo clube espanhol e já havia se envolvido numa confusão em novembro quando ameaçou com uma arma um segurança na saída de uma boate.

Foto: European Pressphoto Agency