João Moreira     |       22 jan 2018

Alexis Sanchez e do Manchester United

Uma das novelas mais enroladas da janela de transferências chegou ao capítulo final: Alexis Sánchez é o novo atacante do Manchester United. O chileno, que atuou pelo Arsenal nas últimas quatro temporadas, foi cedido pelo clube londrino ao United em troca do meia-atacante Mkhitaryan. A negociação não envolveu dinheiro de nenhuma das partes. Nem Arsenal nem Manchester United divulgaram a duração dos contratos dos reforços.

Insatisfeito na equipe de Arsène Wenger, o chileno de 29 anos despertou primeiramente o interesse do Manchester City de Pep Guardiola. A imprensa inglesa afirma que o atacante chegou a acertar as bases salariais com o City. Só que quando surgiu o interesse do rival, o United, Sánchez foi seduzido pela projeto de José Mourinho e pelo status de estrela que vai ter em Old Trafford.

MELHOR PRA QUEM?

Pode soar estranha uma troca sem custos entre Alexis Sánchez e Mkhitaryan. E realmente é. Mas a verdade é que o Arsenal estava de mãos atadas na situação. Tinha um jogador insatisfeito, que recusou uma proposta (Man. City) que seria vantajosa para o clube pelo sonho de um projeto no Manchester United. Barrar a vontade e a ida do chileno ao time de Mourinho poderia criar um ambiente insustentável na equipe londrina. Diante desta sinuca de bico, a opção pela troca com o meia-atacante armênio, que vinha sem espaço no United foi a opção mais interessante e que melhor pode render ao Arsenal. Só que nesse momento é inevitável pensar: o Manchester United fez o melhor negócio.

O QUE FALARAM?

- Alexis Sánchez

“Estou entusiasmado por fazer parte do maior clube do mundo. Eu tive três temporadas e meia maravilhosas no Arsenal e eu venho pra cá com as melhores lembranças daquele clube incrível e de seus torcedores.”

“Eu não poderia desperdiçar a chance de jogar nesse estádio histórico e de trabalhar com José Mourinho.”

“Estou muito orgulhoso de ser o primeiro chileno a jogar no Manchester United e espero que eu possa mostrar aos nossos torcedores em todo o mundo porque o clube quis me trazer pra cá.”

- José Mourinho

“Alexis é um dos melhores atacantes do mundo e ele vai completar o nosso grupo de jovens e talentosos atacantes.”

“Ele (Alexis) vai trazer sua ambição, conduta e personalidade, qualidades que fazem parte de um jogador do Manchester United e de um jogador que faz o time ser mais forte e os torcedores orgulhos da dimensão e prestígio do clube.”

TRAJETÓRIA DE SÁNCHEZ

Alexis Sánchez começou a carreira no Cobreloa (CHI). Logo foi contratado pela Udinese (ITA), mas por causa de sua pouca idade foi emprestado pelos italianos ao Colo-Colo (CHI), onde permaneceu por duas temporadas. Em seguida, foi emprestado ao River Plate (ARG) e se destacou. Após o bom momento no futebol argentino, foi requisitado pela Udinese e não decepcionou. Foram três temporadas de grandes atuações e gols. Um total de 112 partidas e 21 gols. Não demorou para que despertasse o interesse dos gigantes europeus. Em 2011, o Barcelona de Pep Guardiola o contratou por 37 milhões de euros. Os anos de Barça fizeram o chileno se consolidar como um dos melhores atacantes do planeta. A valorização fez com que o Arsenal gastasse 42 milhões de euros para tirá-lo de Barcelona. Nas quase quatro temporadas pelos Gunners, Alexis Sánchez atuou 122 vezes e marcou 60 gols.

Foto: Twitter oficial do Manchester United