Pedro Ferrari     |       16 jan 2018

Alem dos quatro grandes, equipes menores estreiam no Paulistao

O Paulistão começa nesta quarta-feira e a primeira rodada já vai ser agitada. Além da estreia de Santos, São Paulo e Corinthians, equipes menores fazem suas primeiras partidas querendo pintar como possíveis zebras. Confira:

RED BULL x FERROVIÁRIA

O Red Bull Brasil disputa sua quarta temporada seguida na elite do Paulista. Após avançar para as quartas de final em 2015 e 2016, a equipe brigou para fugir do rebaixamento no ano passado. A aposta em 2018 é de jogadores com experiência, como o goleiro Julio Cesar, ex-Corinthians, os zagueiros Ewerton Pascoa e Tiago Alves, além do atacante Eder Luis.

A Ferroviária tenta mudar seu cenário em 2018. O time de Araraquara chega credenciado com um trabalho a longo prazo, encabeçado pelo técnico PC de Oliveira, que assumiu o time em fevereiro de 2017. Até o momento, 11 reforços foram contratados: o goleiro Gabriel Leite, os laterais Velicka e Diogo Mateus, o zagueiro Bruno Silva, os meio-campistas Moacir, Fabio Souza e Caíque, e os atacantes Eliandro, Welinton Júnior, Misael e João Paulo.

ITUANO x SÃO CAETANO

Sob gestão do ex-jogador e campeão do mundo Juninho Paulista, o Ituano aposta em duas coincidências para surpreender no Paulistão. No último ano de Copa, em 2014, foi campeão e agora quer repetir a dose. Outra coincidência é que neste ano, assim como 2014 com Doriva, o técnico Vinicius Bergantim foi efetivado após atuar como auxiliar. O Galo de Itu conta com jogadores experiencias como o goleiro Vagner e o volante Corrêa. Rodrigo Sam na zaga, Marcelinho no ataque ao lado de Ronaldo e Anderson Aquino.

O São Caetano volta para a elite depois de quatro anos. O técnico Luis Carlos Martins tem um elenco reforçado para tentar uma boa campanha. Como destaque, temos o goleiro Helton Leite, ex-Botafogo, Chiquinho. Além deles, contratou nove reforços, sendo o principal deles, Felipinho, artilheiro da A-2 com o São Bernardo. Outro atleta importante é Marlon, destaque da base.

NOVORIZONTINO x MIRASSOL

O Novorizontino começou a montagem de seu elenco tarde, mas terá um campeão. Doriva, que conquistou o Paulista com o Ituano em 2014, comandará a equipe. No elenco, contará com o zagueiro Anderson Salles, além de outros destaques como os laterais Tony e Thallyson, o volante Jonathan Lima e o atacante Safira. A última contratação de peso é a do atacante Magno Alves, o Magnata, que completa 42 anos em janeiro.

Já o Mirassol, para conseguir ir ao mata-mata em 2018, aposta no técnico Moisés Egert e investe também fora das quatro linhas. Com a renda feita com a venda do ex-são-paulino Luiz Araújo para o Lille, da França, o Mirassol comprou um terreno e está construindo um moderno centro de treinamento. Sobre o elenco, o clube mesclará alguns jovens revelados pela base, como o volante Luis Oyama, com jogadores conhecidos da torcida encabeçados pelo meia Xuxa, maior ídolo mirassolense, e o atacante Zé Roberto.

Foto: GloboEsporte