Afonso Canavilhas     |       15 fev 2018

Chelsea tem último ensaio antes de encarar o Barcelona

O primeiro duelo com o Barcelona pelas oitavas da Liga dos Campeões já está no horizonte do Chelsea. O time inglês enfrenta o adversário catalão na próxima terça-feira e cumpre o derradeiro ensaio na noite dessa sexta-feira, frente ao Hull City, para a FA Cup, pretendendo assegurar desde já um lugar nas quartas da prova. A participação na Copa é encarada com seriedade pelos “Blues”, dado que constitui uma oportunidade de ouro para terminar a temporada com pelo menos um título conquistado.

A vitória frente ao West Bromwich Albion (3-0), na última rodada, foi um “balão de oxigênio” para o Chelsea de Antonio Conte, treinador que segue em uma posição bem complicada desde o início da temporada. Segundo a imprensa britânica, a diretoria do Chelsea decidiu manter a aposta em Conte pelo menos até à eliminatória com o Barcelona, exigindo no entanto que a equipe responda positivamente nos jogos com o West Brom e com o Hull City. Depois de derrotar o “lanterna vermelha” da Premier League, o Chelsea enfrenta um adversário que também tem definhado nessa época: o Hull City luta por evitar a descida para a League 1. Os “Tigers” têm uma das defesas mais vazadas do Championship com 47 gols encaixados em 31 jogos. Para essa partida, para além dos machucados Abel Hernández e Moses Odubajo, o Hull não vai poder alinhar com Ola Ainda, Michael Hector e Fikayo Tomori, atletas que se encontram emprestados pelo Chelsea.

A FA Cup costuma ser bem profícua em surpresas em suas primeiras fases, mas a verdade é que o Chelsea não tem sentido muito isso na pele ao longo dos últimos anos: nas últimas 20 temporadas, os “Blues” conseguiram chegar 18 vezes nas oitavas. Na atual edição da prova, o Chelsea já deixou para trás o Norwich e o Newcastle, se preparando agora para enfrentar uma das cinco equipas das divisões secundárias que ainda estão em prova.

A intenção do Chelsea para esse desafio é bem clara: assumir o comando desde o início, marcar cedo, gerir com posse e se resguardar ao máximo a nível físico para o primeiro confronto com o Barcelona. Antonio Conte poderá promover algumas alterações do time, apostando no 1x3x4x3 habitual. Caballero deverá assumir o gol, enquanto David Luiz, Cahill e Ampadu serão os três elementos mais recuados. Pelos corredores laterais, Zappacosta e o reforço de inverno Emerson. Drinkwater e Bakayoko estarão no meio e a frente de ataque ficará entregue a Willian, Pedro e Olivier Giroud.

Foto: Getty Images