João Moreira     |       05 jan 2018

O "imbatível" Manchester City estreia na Copa da Inglaterra

Manchester City e Burnley estreiam na Copa da Inglaterra neste sábado, às 13h, no Etihad Stadium. Time sensação da Europa na atual temporada e líder com folgas da Premier League, o City de Guardiola entra como o principal favorito para conquistar o título da competição, algo que não ocorre desde 2011. Já o Burnley, que até faz uma boa campanha na Premier League (7ª posição), não tem grandes aspirações no torneio, ainda mais pelo rival que o destino reservou logo de cara.

Pré-jogo

O que podemos dizer de um time que tem as seguintes credenciais: líder da Premier League com 15 pontos de diferença para o 2º colocado; melhor ataque da Premier League (64 gols); melhor defesa do campeonato (13 gols sofridos); 20 vitórias em 22 jogos disputados (93% de aproveitamento). “Só isso” já bastaria pra responder a pergunta ali do começo com um simples e direto “imbatível”.

Mas o Manchester City oferece ainda mais. O time comandado por Pep Guardiola vem enfileirando recordes históricos na temporada e parece não ser páreo para nenhuma equipe inglesa. A última derrota dos citizens em um torneio local foi em julho do ano passado (0-2 vs. Man. United).

Nesta estreia na Copa da Inglaterra, Guardiola vai promover um rodízio nos onze iniciais. Parte por planejamento e parte forçado pelas lesões de alguns jogadores. Ederson e Sterling são alguns dos titulares que vão ganhar descanso. Jovens como Brahim Díaz, Bernardo Silva e Zinchenko vão ter a chance de iniciar como titulares.

O Burnley deve apostar no modelo de jogo que vem dando certo na Premier League e que está permitindo ao clube sonhar em brigar por uma vaga nas competições europeias da próxima temporada.

Um time mais fechado, que sabe de suas limitações ofensivas e que foca os esforços num sistema defensivo sólido que não permite muitas chances de gols aos adversários. Prova disso é o status de 4ª melhor defesa da Premier League (19 gols sofridos) e a impressionante marca para um clube de pouca expressão que é sair de campo sem sofrer gols em 10 oportunidades.

Esse estilo de jogo encaixa bem quando a equipe joga fora de casa e que não tem a obrigação de propor o jogo. Essa, aliás, é uma das características do time comandado por Sean Dyche: jogar melhor como visitante. Nos 10 últimos jogos fora de casa, o Burnley só foi derrotado duas vezes.

Só uma tragédia elimina o Manchester City

Apoio da torcida, 33 partidas sem perder em casa e 26 jogos de invencibilidade contra times ingleses. Tudo indica que será mais um sábado feliz para os torcedores do Manchester City.