São Paulo decide futuro na Copa do Brasil no Morumbi

  Pedro Ferrari     |       18 abr 2018

Depois de perder a primeira partida por 2 a 1, o São Paulo enfrenta nesta quinta-feira o Atlético-PR no Morumbi, pela quarta fase da Copa do Brasil. O gol como visitante não é critério de desempate na Copa do Brasil. Portanto, qualquer derrota do Atlético-PR por um gol de diferença leva direto para os pênaltis. O Furacão tem a vantagem do empate.

SÃO PAULO IMBATÍVEL EM CASA

O técnico Diego Aguirre comandou o São Paulo em três jogos no Morumbi. Venceu todos e não sofreu gols. Desde a chagada do treinador, o Tricolor bateu São Caetano (2 a 0, pelas quartas do Paulistão), Corinthians (1 a 0, pela semifinal do Paulistão) e Paraná (1 a 0, pela estreia do Brasileirão). Poupados pelo técnico Diego Aguirre da partida da última segunda-feira, no Morumbi, o quarteto Liziero, Arboleda, Petros e Tréllez trabalhou normalmente no campo. Além do quarteto, Diego Souza também treinou no campo. Em recuperação de uma amigdalite, o atacante foi cortado do jogo contra o Paraná.

FURACÃO

Com quatro vitórias e três empates em sete jogos, o time vai colocar o estilo Diniz e essa invencibilidade à prova em mais um duelo decisivo. O Furacão tem a vantagem do empate após ter feito 2 a 1 na ida. Para conseguir a classificação, o time precisa fazer correções ou repetir virtudes: o Atlético-PR tem sofrido contra times que apostam em jogadas pelo alto, como o Tubarão-SC e, por último, a Chapecoense. Os retornos de Paulo André e Thiago Heleno podem ajudar, mas todo cuidado é pouco contra Tréllez e companhia.

PALPITE CERTEIRO

A partida será extremamente equilibrada, pois vemos um Furacão organizado em campo, com a mentalidade ofensiva do técnico Fernando Diniz. Do outro lado, o São Paulo de Aguirre aos poucos, vai se ajeitando. E ainda tem uma invencibilidade à prova no Morumbi. Uma vitória magra do Tricolor Paulista é o resultado mais provável. Se for para pênaltis, Atlético-PR está com o emocional melhor preparado.
Foto: radioglobo.com.br