João Moreira     |       12 mar 2018

As surpresas de Tite

O técnico Tite anunciou na manhã desta segunda-feira a lista dos 25 jogadores convocados para a disputa dos amistosos contra Rússia e Alemanha, nos dias 23 e 27 de março respectivamente. Os dois jogos serão os últimos testes da Seleção Brasileira antes da disputa da Copa do Mundo. Como ainda tem dúvidas em relação à lista definitiva que vai ao Mundial, o treinador resolveu experimentar alguns jogadores que ainda não haviam sido convocados por ele: Neto, Talisca e Willian José.

A JUSTIFICATIVA

Tite - técnico da Seleção

“As oportunidades surgem para cada atleta. Eu repito o que coerentemente tenho colocado, a lista final vai bater ali na frente. Todos os atletas continuam sendo avaliados, e grandes momentos como os de Willian José e Talisca, que trazem componentes diferentes. Willian José faz duas grandes temporadas na Real Sociedad, desenvolvimento grande como atleta, com jogo combinado. Talisca tem finalização de média distância, bola aérea, imposição física que pode emprestar virtude contra defesas com linha de cinco ou quatro. ”

NETO

Revelado no Atlético-PR, o goleiro de 28 anos está há oito temporadas no futebol europeu, sendo sete delas na Itália e uma na Espanha. Neto foi contratado pela Fiorentina após se destacar no Campeonato Brasileiro de 2010 e ser convocado para duas amistosos da Seleção de Mano Menezes. Chegou à Florença contratado por 3,5 milhões de euros e demorou a ter chances na equipe titular. Só conquistou a posição na quarta temporada no calcio e não decepcionou. Foi um dos destaques nas campanhas que levaram a Viola ao quarto lugar da Serie A (2013/14 e 2014/15), além da semifinal da Liga Europa (2014/15). Nesse período que esteve na Fiorentina ainda disputou os Jogos Olímpicos de Londres (2012) e a Copa América de 2015 pelo Brasil. Necessitando preparar um goleiro para substituir o ídolo Buffon, a Juventus foi buscar o brasileiro na temporada 2015/16. Os anos na Vecchia Signora serviram mais de aprendizado do que de atividade. Nos dois anos em Turim, Neto atuou 22 vezes e sofreu 17 gols. O período de inatividade na multicampeã italiana fez com que Neto buscasse novos desafios. Assinou com o Valencia por quatro anos e logo na primeira temporada já está mostrando que foi uma ótima escolha a ida para o clube espanhol. Neto é um dos responsáveis pela equipe estar na zona de classificação para a Liga dos Campeões ao ocupar a 4ª posição no Espanhol. Em 27 jogos disputados até aqui, o goleiro conquistou 16 vitórias, sofreu 28 gols e ficou duas partidas sem ser vazado. É o 8º goleiro com mais defesas na Liga (69) e defendeu dois pênaltis. Neto chega à Seleção para disputar o status de 3º goleiro com o Cássio (Corinthians), já que Alisson (Roma) e Ederson (Man. City) já estão garantidos.

TALISCA

O meia de 24 anos é hoje o principal jogador do Besiktas e um dos melhores jogadores atuando no estrelado campeonato turco. Talisca surgiu no Bahia em 2013 e foi peça fundamental para ajudar o Tricolor a escapar do rebaixamento naquele ano. Em 2014, o baiano arretado continuou com uma série de ótimas atuações. Tanto destaque não passaria impune ao Bahia: o Benfica arrematou a joia em julho de 2014 por R$12 milhões. O garoto de Feira de Santana chegou arrebentando no futebol português. Foram 44 jogos e 11 gols marcados logo na primeira temporada, números que o credenciaram ao status de titular absoluto da equipe de Jorge Jesús e que também despertaram o interesse de gigantes europeus, que só não o contrataram por causa de questões burocráticas de licença de trabalho. Na segunda temporada no Benfica, o rendimento de Talisca caiu: foram 34 partidas e 9 gols. Problemas de comportamento e o baixo rendimento fizeram com que os Encarnados emprestassem o meia-atacante para o Besiktas. Nos ares de Istanbul, o futebol de Talisca ganhou uma nova vida. Na primeira temporada, o reencontro com as ótimas atuações dos tempos de Bahia e do primeiro ano de Benfica. 33 jogos e 17 gols anotados. Na atual temporada, Talisca tem sido ainda mais fundamental para clube turco, que segue na cola do líder Galatasaray. O brasileiro anotou 15 gols em 36 jogos distribuídos entre o campeonato nacional, a Copa da Turquia e a Liga dos Campeões. É o artilheiro do time na temporada e só passou em branco em cinco oportunidades. Os dois anos no futebol turco fizeram de Talisca um meia mais coletivo, mas nem por isso menos habilidoso. As virtudes dele agora são usadas de maneiras mais efetiva e direta, tornando-o um meia-atacante letal no último terço do campo. Ele briga diretamente por uma vaga com Lucas Lima (Palmeiras) e Diego (Flamengo).

WILLIAN JOSÉ

O atacante tem uma daquelas histórias em que foi de certa maneira desprezado e depreciado no Brasil para atingir o sucesso na Europa. Com passagens por São Paulo, Grêmio e Santos, o jogador de 26 anos nunca fui unanimidade nestes clubes. Sem empatia da imprensa e do público no Brasil, Willian José aceitou o desafio de transferir para o Real Madrid B em 2013 a fim de conseguir uma porta para algum outro clube europeu. O desempenho no Real Madrid Castilla fez com que algumas equipes de pouca expressão tentassem sua contratação. O Zaragoza foi quem ganhou a concorrência pelo brasileiro e não deve ter se arrependido. O atacante marcou 10 gols em 38 jogos pela equipe na temporada 2014/15. No ano seguinte repetiu o número de gols, mas dessa vez pelo Las Palmas. Mais uma vez, o atacante não permaneceu mais de uma temporada no mesmo clube e se transferiu para a Real Sociedad, onde parece que definitivamente se encontrou. Na primeira temporada pelo clube, marcou 14 gols e ajudou a equipe a terminar o Espanhol num honroso 6º lugar. Na temporada atual, os números melhoraram, apesar de uma lesão que o tirou dos campos por um mês. Já são 17 gols anotados em 30 partidas. Média de praticamente um gol a cada duas partidas. O artilheiro só está atrás de Jonas (Benfica) e Neymar (PSG) na artilharia brasileira na Europa nesta temporada. Willian José tem se mostrado um centroavante seguro de si e de muita frieza no momento da definição. É uma alternativa para um sistema que necessite de um jogador mais de área.

Fotos: Divulgação/Twiter/Real Sociedad/Besiktas/Valencia