João Moreira     |       04 jun 2018

Rival do Brasil, Costa Rica vence primeiro teste antes da Copa

Uma das surpresas da última Copa do Mundo, a Costa Rica realizou neste domingo o primeiro dos três amistosos que programou visando o Mundial da Rússia. O primeiro adversário foi a Irlanda do Norte, que não apresentou dificuldades ao selecionado costa-riquenho e foi facilmente derrotado por 3 a 0. A Costa Rica tem agora pela frente duas pedreiras como testes finais para o Mundial: a Inglaterra no dia 7 e a Bélgica no dia 11. Vale lembrar que a Costa Rica está no grupo do Brasil e será rival da equipe de Tite na segunda rodada da fase de grupos.

O JOGO

Jogo de um time só. Assim pode ser definida a dinâmica da partida entre Costa Rica e Irlanda do Norte na tarde deste domingo, em San José, capital do país da América Central. Contagiados pela atmosfera festiva criada pela torcida que foi ao estádio Nacional se despedir da seleção, os jogadores da Costa Rica começaram o duelo a todo vapor e sufocaram do início ao fim. Sem permitir que o rival europeu sequer sonhasse em incomodar, a Costa Rica criou inúmeras chances e apresentou um futebol vistoso. Com a superioridade evidente, os donos da casa abriram o placar em escanteio cobrado pra área que Venegas aproveitou de cabeça. Apesar da vantagem, os Ticos não se contentaram com a magra vitória e logo no primeiro minuto do segundo tempo fez o 2 a 0. O bom atacante Campbell acertou um belo chute de canhota e venceu o goleiro Carson. O terceiro veio em mais uma jogada aérea, um dos pontos altos da equipe, quando Calvo finalizou de cabeça o cruzamento de Campbell. 3 a 0. Daí pra frente, muitas modificações no time que começou o duelo e uma nítida preocupação da Costa Rica em poupar esforços às vésperas do Mundial. Deu pra perceber um time com alternativas ofensivas, apesar da fragilidade do adversário. O Brasil é amplo favorito, mas é bom que os zagueiros brasileiros fiquem atentos com os atacantes Costa-riquenhos.

ESTATÍSTICAS

Posse de Bola - (CRI) 63% / 37% (IRN)
Chutes a gol - (CRI) 21 / 3 (IRN)
Chutes no gol - (CRI) 5 / 0 (IRN)
Escanteios - (CRI) 8 / 0 (IRN)
Impedimentos - (CRI) 0 / 1 (IRN)
Faltas - (CRI) 10 / 10 (IRN)

ESCALAÇÕES

Costa Rica: Keylor Navas (Leonel Moreira); Gamboa (Smith), Acosta, González (Waston), Duarte (Calvo), Oviedo; Borges (Tejeda), Guzmán, Colindres, Campbell, Venegas (Matarrita).
Técnico: Óscar Ramírez

Irlanda do Norte: Carson (Hazard); Hodson (Conor McLaughlin), Cathcart (McCullough), McAuley, Hughes; Jonathan Evans, Dallas, Corry Evans (Thompson), McNair, Boyce (McCartan); Magennis (Ryan McLaughlin).
Técnico: Michael O’Neill

Gols: CRI - Venegas (29’ 1T), Campbell (1’ 2T) e Calvo (20’ 2T)

Foto: Twitter/@fedefutbolcrc