João Moreira     |       02 jun 2018

Egito e Colômbia não saem do zero

Quem foi ao estádio Atleta Azzurri d’Italia com certeza se arrependeu do que viu no empate sem gols entre Egito e Colômbia. Sem contar com sua principal estrela Mohamed Salah, já era de se esperar que o poder ofensivo dos faraós caísse drasticamente. Do outro lado, mesmo com força máxima e seus principais jogadores ofensivos, a Colômbia pouco incomodou o gol adversário. Este foi o primeiro amistoso de preparação para Copa dos cafeteros. A Colômbia agora volta a campo somente na estreia do Mundial diante do Japão, no dia 19, pelo grupo H. A chave ainda conta com Polônia e Senegal. Já os egípcios fazem mais um amistoso na próxima quarta-feria contra a Bélgica. Depois disso, estreia na Copa diante do Uruguai no dia 15. O Egito ainda tem pela frente a Rússia e a Arábia Saudita no grupo A.

O JOGO

Contando com a trinca no ataque formada por James Rodríguez, Falcao Garcia e Cuadrado, a Colômbia assumiu o protagonismo da partida e controlou a posse de bola. Apesar de ter as rédeas do jogo nas mãos, os colombianos não conseguiram capitalizar o domínio em chances. Apenas uma criada na primeira etapa em chute de James que estourou na trave. Já o Egito tentava se defender e atuar no contra-ataque. Consequentemente, quase não ameaçou os sulamericanos. Ospina teve que trabalhar no finzinho do primeiro tempo em cabeçada à queima-roupa de Sobhi. Nos últimos 45 minutos do jogo, o cenário não mudou. Com muitas modificações, a Colômbia diminuiu o ritmo e passou a depender demais da inspiração de seu camisa 10, James Rodríguez. Os goleiros Ospina e El Hadary tornaram-se espectadores de luxo na segunda etapa e apenas assistiram a um duelo monótono e sem vibração de ambas as equipes.

ESTATÍSTICAS

Posse de Bola - (EGI) 32% / 68% (COL)
Chutes a gol - (EGI) 5 / 11 (COL)
Chutes no gol - (EGI) 2 / 5 (COL)
Escanteios - (EGI) 1 / 11 (COL)
Impedimentos - (EGI) 0 / 2 (COL)
Faltas - (EGI) 20 / 9 (COL)

ESCALAÇÕES

Egito: El Shenawy (El Hadary); Ibrahim, Samir, Hegazi, Sayed; Hamed, Morsy (Abdel Aziz), Sobhi (Amr Warda), Bekhit (Shikabala), Trézéguet (El Mohamady); Mohsen (Kahraba).
Técnico: Héctor Cúper

Colômbia: Ospina; Arias, Mina (Murillo), Sánchez, Fabra (Mojica); Lerma (Borja), Carlos Sánchez, Uribe (Quintero), James Rodríguez, Cuadrado (Izquierdo), Falcao Garcia (Bacca).
Técnico: José Pekerman

Foto: Twitter/@FCFSeleccionCol