João Moreira     |       09 abr 2018

Japão troca de técnico a 2 meses da Copa do Mundo

O momento não é o mais adequado, mas mesmo assim a Federação Japonesa de Futebol anunciou nesta segunda-feira a decisão de trocar o comando técnico da seleção. O bósnio Vahid Halilhodzic foi demitido da função e quem assume o lugar vago é Akira Nishino, que desempenhava o papel de coordenador técnico da seleção desde 2016.

A justificativa para a escolha do ex-coordenador é o conhecimento que Nishino tem do elenco, o que facilita o trabalho num espaço de tempo tão curto, afinal, o Mundial da Rússia começa daqui 65 dias. O Japão estreia na Copa do Mundo no dia 19 de junho diante da Colômbia em jogo válido pelo Grupo H, que ainda conta com Senegal e Polônia.

De acordo com informações da imprensa japonesa, a mudança no comando se deve a problemas de relacionamento de Halilhodzic com os jogadores e membros da comissão técnica e também pelas derrotas nos amistosos contra a Ucrânia e Mali na última Data FIFA. A última vitória do Japão veio em dezembro, quando derrotou a China por 2 a 1. Akira Nishino será o quarto treinador da seleção em quatro anos.

NÚMEROS

A demissão de Vahid Halilhodzic foi uma medida drástica e que não veio em boa hora. Apesar dos péssimos resultados recentes, o bósnio conseguiu classificar o Japão na primeira colocação das eliminatórias asiáticas e ostenta bons números no comando da seleção.

Vahid assumiu a equipe em março de 2015. Estreou com vitória sobre a Tunísia em partida amistosa. Desde então, comandou os samurais em 38 jogos. Conseguiu 21 vitórias, 9 empates e 8 derrotas.

Foto: Twitter/@jfa_samuraiblue