Adversária do Brasil na Rússia, Sérvia vence a Nigéria em Londres
  João Moreira     |       28 mar 2018

Adversária do Brasil na Rússia, Sérvia vence a Nigéria em Londres

A Sérvia, último rival do Brasil no Grupo E da Copa do Mundo, venceu a Nigéria com dois gols do atacante Mitrovic nesta terça-feira. Os europeus se aproveitaram da formação mista da equipe africana, que poupou alguns titulares, e fez prevalecer seu ritmo e ações no jogo.

PRIMEIRO TEMPO

A Sérvia iniciou o jogo controlando o ritmo e mantendo a posse de bola. Apesar de ter o controle da partida, foi a Nigéria quem assustou primeiro. Moses chutou forte da entrada da área e o goleiro Stojkovic caiu bem para espalmar. Depois, foi a vez de Onazi arriscar, mas o remate saiu à esquerda do gol. O time do leste europeu respondeu numa jogada de escanteio em que o zagueiro Ivanovic aproveitou a sobra na área e bateu firme. A zaga nigeriana salvou praticamente em cima da linha. Na sequência, em mais um escanteio, Mitrovic cabeceou e o goleiro Uzaho caiu pra defender. Os jogadores da Sérvia reclamaram que a bola já havia cruzado a linha quando o goleiro defendeu, mas o juiz mandou seguir. O primeiro tempo terminou com chances de ambos os lados e um duelo bem equilibrado.

SEGUNDO TEMPO

Na volta pra segunda etapa, o ritmo da seleção africana caiu e os jogadores da Sérvia souberam aproveitar. Donos do meio-campo e com muito mais disposição, os sérvios neutralizaram as ações da Nigéria e começaram a encurralar o adversário. A presença constante no campo rival deu resultado e, aos 22 minutos, Mitrovic pegou o cruzamento de primeira e abriu o placar. Com a vantagem, a Sérvia dosou a intensidade e só atacava na boa. E foi num desses ataques tranquilos que Kostic fez linda jogada pela esquerda e rolou para Mitrovic, livre na área, decretar o segundo gol dele e o segundo da Sérvia.

IMPRESSÕES

Depois de ser surpreendida pelo Marrocos e perder por 2 a 1, a Sérvia se recuperou diante de outro rival africano. O jogo de hoje mostrou uma equipe mais dedicada e aplicada, porém que sofre um pouco com a desorganização em campo. As críticas da imprensa do país aos jogadores da seleção e a consequente recusa dos atletas em darem entrevistas aos jornalistas compatriotas parecem ter criado um ambiente um pouco tenso que refletiu no gramado. A equipe possui bons jogadores, mas precisa primeiro acertar o clima fora de campo para poder evoluir dentro dele.

FICHA DO JOGO

Sérvia: Stojkovic; Rukavina, Ivanovic, Nastasic, Kolarov; Milivojevic, Matic (Grujic), Kostic (Gacinovic), Tadic (Maksimovic), Ljalic (Zivkovic); Mitrovic.

Nigéria: Uzoho; Ebuehi, Troost-Ekong, Awaziem, Idowu (Aina); Ndidi (Agu), Onazi (Ogu), Obi (Simon); Moses (Ighalo), Iwobi (Ajayi), Musa.

Gols: Mitrovic (SER - 22’ 2T e 35’ 2T)

Foto: gazetaesportiva.net