Copa Libertadores

A principal competição de clubes da América do Sul é talvez a melhor demonstração de “futebol raiz” do mundo inteiro. Na Libertadores, quase sempre, a força e a vontade prevalecem sobre a técnica. Não basta saber jogar futebol. É preciso querer jogar, se entregar até o último minuto. Os duelos de brasileiros com uruguaios, colombianos, chilenos e, é claro, argentinos, são sempre imperdíveis. Além da bola rolando, há outros obstáculos, como a altitude de Quito ou de La Paz. Conquistar a Libertadores não é uma prova somente de que o time está preparado, mas sim de que cada jogador é um guerreiro. Um guerreiro que conseguiu conquistar a América.