João Moreira     |       17 fev 2018

Jogador se afasta do futebol para salvar vida do irmão

O lateral Cristián Villagra, do Atlético Tucumán (ARG), anunciou que vai se afastar dos gramados até meados de março em anúncio feito à imprensa argentina. O motivo do jogador é mais do que nobre e humano: Villagra vai passar por uma cirurgia de transplante de medula para ajudar o irmão que foi sofre com aplasia medular, doença muito similar à leucemia. A operação que tem duração de aproximadamente 7 horas está marcada para o próximo dia 26 e, caso tudo ocorra normalmente, o atleta deve voltar aos gramados na primeira quinzena de março.

“Há cinco meses meu irmão foi diagnosticado com aplasia medular. De todos os meus irmãos, eu sou o mais compatível (para doar a medula). Meu irmão não está bem. Está internado e estamos esperando a intervenção cirúrgica para que possa seguir em frente. Em uma situação assim, não há dúvidas e me coloquei à disposição dos médicos”, informou o lateral do Atlético Tucumán.

Villagra deve ficar fora do time em quatro rodadas do campeonato argentino e do primeiro jogo da equipe na Copa Libertadores, marcado para o dia 12/3. O clube do norte da Argentina tem dado todo o apoio ao atleta desde a descoberta da doença.

Carlos “City” Villagra tem 32 anos e já passou por equipes como Rosario Central, River Plate e Metalist (UCR). Essa é o primeiro ano do jogador no Atlético Tucumán.

Foto: Veja