Afonso Canavilhas     |       20 fev 2018

CSKA e Estrela Vermelha se enfrentam em Moscovo

O zero a zero registado na partida de ida, em Belgrado, deixa tudo em aberto para o encontro que vai ser disputado nessa quarta-feira, em Moscovo. Russos e sérvios brigam pelo acesso às oitavas da Liga Europa.

Cerca de uma semana depois de se terem defrontado na capital da Sérvia, há novo confronto entre Estrela Vermelha e CSKA de Moscovo. Os dois times disputaram a primeira partida após as pausas de inverno nos respetivos campeonatos e a falta de ritmo de parte a parte foi se fazendo notar com o avançar do relógio. Os dois times não conseguiram exibir os níveis intensidade que já apresentaram nessa temporada. Ainda que o desafio tenha sido nivelado tal como reflete o próprio resultado final, se registou um ligeiro ascendente para o lado do Estrela Vermelha, equipe que dispôs das melhores ocasiões para chegar ao gol.

Nenhum dos dois técnicos procedeu a grandes poupanças na partida de ida, até porque ambas as formações precisam ganhar ritmo competitivo após longas paragens. Ao contrário do que acontece com o CSKA de Moscovo que só voltará à ação no início de março, o Estrela Vermelha entrou em campo nesse final de semana para o campeonato doméstico e bateu o FK Javor Ivanjica por três a zero.

Em teoria, o CSKA de Moscovo é superior ao Estrela Vermelha tanto em termos coletivos como individuais. Chega na Liga Europa após ter disputado a fase de grupos da Liga dos Campeões e está bem mais habituado às lides europeias que esse time do Estrela Vermelha, presença pouco habitual em fases a eliminar de competições europeias ao longo dos últimos anos. Ainda que os resultados na CSKA Arena ao longo da fase de grupos da Liga dos Campeões não tenham sido positivos, o time da capital da Rússia quer fazer valer o fator casa e avançar na prova. O brasileiro Vitinho deverá voltar a ser titular na formação local, contando com a companhia do reforço Ahmed Musa na frente de ataque.

Na equipe sérvia, expetativa para perceber se Richmond Boakye já poderá dar seu contributo ao time, atacante ganês que falhou a partida de ida devido a lesão. Ben Nabouahe foi a principal arma ofensiva do Estrela Vermelha no primeiro encontro.

Foto: "Srdjan Stevanovic/Getty Images Europe"