Afonso Canavilhas     |       14 fev 2018

Napoli e Leipzig em duelo de relegados

O sorteio das 16 avas da Liga Europa 2017/18 ditou um confronto entre dois times que iniciaram a atual campanha europeia na Liga dos Campeões. O Napoli e o RB Leipzig vão disputar uma vaga nas oitavas da Liga Europa e o primeiro confronto é já nessa quinta-feira no San Paolo, na Itália. Esse é provavelmente "o duelo" da fase.

O Napoli não foi capaz de transportar seu sucesso nacional para a cena europeia e acabou na terceira colocação do seu grupo da Liga dos Campeões, ficando para trás em uma chave que contava com Manchester City, Shakhtar Donetsk e Feyenoord. Nesse momento, o foco do time do sul da Itália está na possibilidade de conquistar o "scudetto" e a luta com a Juventus tem sido acirrada, "taco a taco" a cada jornada que passa e ninguém dá sinais de fraqueza. Nessa perspetiva, Sarri estará a ponderar promover algumas alterações no time para essa primeira partida, até porque não prioriza a participação na competição. Uma coisa é certa: o Napoli será bem fiel ao seu estilo desconcertante e apostará em um futebol dinâmico e ofensivo ao longo dos 180 minutos dessa eliminatória com o vice-campeão da Alemanha, que não se classificou num grupo que tinha Besiktas, FC Porto e AS Monaco.

Na verdade, o time alemão não tem conseguido estar ao mesmo nível que o ano passado, ainda que continue a contar com vários jogadores que na época anterior já se encontravam no clube, entre os quais Timo Werner ou Naby Keita. A inexperiência sai bem cara na cena europeia e faltou algum "estofo" ao RB Leipzig nessa Liga dos Campeões para alcançar as oitavas.

Time "bem arrumado", disciplinado, fisicamente interessante e a atravessar uma boa fase, o RB Leipzig poderá criar dificuldades ao Napoli, mas é do lado do time transalpino que reside o favoritismo quanto a seguir em frente. O RB Leipzig encaixou pelo menos um gol em todos os desafios da fase de grupos da Liga Europa (11 no total) e vai sentir muita dificuldade para manter sua baliza zerada frente ao Napoli, time que curiosamente fez 11 gols no total e sofreu outros tantos.

Foto: Soccer Bettings