Afonso Canavilhas     |       16 fev 2018

Liga Europa: Times de Leste sofrem após parada de inverno

A realização das partidas de ida dos 16 avos da Liga Europa 2017/18 permitiu a vários times o retorno à ação após as habituais pausas de inverno em seus campeonatos locais. Ainda que a maioria desses times tenha estado em atividade, um encontro amistoso no calor de uma tarde de Marbella não se assemelha a uma acirrada luta por pontos para o campeonato ou para uma prova europeia. Nesse retorno à ação, o desempenho foi mais negativo que positivo.

A quinta-feira de Liga Europa começou com um confronto entre Astana e Sporting no Cazaquistão. O time local, sem atuar oficialmente desde 7 de dezembro até começou vencendo a partida, mas permitiu que o Sporting virasse o placar logo no início do segundo tempo com três gols nos primeiros dez minutos, comprometendo suas aspirações na competição. Dado que nesse final de semana ainda não terá nenhum compromisso para o campeonato cazaque, o Astana viajou para Portugal imediatamente após a partida, estagiando antes do compromisso de volta agendado para a próxima quinta-feira, no Alvalade.

Entre todos os times russos na liga – já não atuavam desde os dias 10 e 11 de dezembro -, só o Lokomotiv de Moscow foi feliz. Líderes destacados do campeonato russo, os “maquinistas” foram venceram no campo do Nice com uma grande reviravolta com dois protagonistas: Mario Balotelli e Manuel Fernandes. O time russo demorou a entrar no jogo e viu o Nice estar a frente do placar com dois gols do jogador italiano, mas viraria logo epois graças a um “hat-trick” do português Manuel Fernandes. A expulsão de Coly Racine aos 22 do segundo tempo, altura em que a partida estava em dois a um para o Nice, facilitou a tarefa do time soviético.

O Spartak de Moscow, depois de ter visto o rival CSKA empatar na Sérvia com o Estrela Vermelha (0-0), foi surpreendido em casa pelo Athletic Club. O campeão russo em títulos perdeu para a equipe basca por três a um, precisando agora de um “milagre” no San Mamés para avançar. O Zenit de São Petersburgo, treinado por Roberto Mancini, não foi capaz de fazer melhor e perdeu no Celtic Park por um a zero graças a um gol de Callum McGregor.

Os ucranianos do Dínamo de Kiev, sem competição desde o dia 10 de dezembro, foram empatar no campo do AEK de Atenas, enquanto o Ludogorets da Bulgária perdeu em casa do Milan por três a zero.

Esses 16 avos proporcionaram um confronto entre dois times de campeonatos que pararam nesse inverno: os sérvios do Partizan, sem competição desde dia 13 do último mês do ano de 2017, enfrentam o Viktoria Plzen, livre de competições desde o dia 7 do mês. A partida terminou empatada em um a um.

Foto: AFP