Renato Bernardes     |       12 jan 2018

ATP de Sidney tera final improvavel com duas promessas do tênis mundial

Uma final totalmente improvável no ATP de Sidney. O atual campeão Gilles Muller caiu nas quartas e muitos outros nomes de peso do circuito caíram antes, como o ucraniano Dolgopolov e a joia alemã Mischa Zverev. A grande decisão será entre o russo Daniil Medvedev e o australiano Alex de Minaur.

PRAZER, ALEX DE MINAUR, PROMESSA DO TÊNIS AUSTRALIANO

Ele tem apenas 18 anos. Seu posto no ranking é tão surpreendente quanto sua idade: apenas o 167° do mundo, isso mesmo. Depois de sair perdendo para o francês Benoit Paire na semifinal, Minaur atropelou seu adversário nos sets seguintes com um duplo 6/1 e fechou a partida após quase duas horas.

MEDVEDEV E A SÉRIE PERFEITA

O russo Daniil Medvedev entrou no Qualifying do ATP de Sidney lá no início da semana. Não só furou o qualy como chegou até a decisão com seis vitórias consecutivas, ou seja, um 2018 perfeito até aqui. Número 84 do ranking, o russo de 21 anos é mais uma zebra na final, assim como seu adversário, confronto esse que ainda não aconteceu no circuito profissional.

QUEM LEVA ESSA?

Os três anos a mais de experiência devem fazer a diferença na decisão do ATP de Sidney. Não será fácil, o equilíbrio deve prevalecer e por isso o palpite é uma vitória de Daniil Medvedev por dois sets a um. Apesar das boas campanhas, dificilmente veremos um dos dois brigando por título no Aberto da Austrália.

Foto: ATP World