Renato Bernardes     |       13 mar 2018

Juan Martin del Potro x David Ferrer - duelo de gigantes em Indian Wells

A terceira rodada do Masters 1000 de Indian Wells coloca frente a frente dois grandes nomes do circuito mundial. Juan Martin del Potro, campeão do US Open 2009, contra o experiente David Ferrer, espanhol finalista de Roland Garros 2013. Os trintões agora lutam por um espaço de destaque no circuito mundial depois de algumas temporadas como coadjuvantes. A partir de agora vamos ver os prós e contras de cada um para esse duelo que promete ser um dos mais equilibrados no torneio norteamericano.

DEL POTRO VEM DE TÍTULO

Juan Martin del Potro vem crescendo ano a ano desde 2016, quando foi responsável por uma belíssima campanha de recuperação nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Atual número 8 do ranking, del Potro chegou ao seu maior posto desde sua lesão em 2014, quando ficou mais de um ano parado. Na segunda rodada de Indian Wells, o argentino atropelou o jovem australiano Alex de Minaur por dois sets a zero, parciais de 6/2 e 6/1.

DAVID FERRER AINDA COM LENHA PARA QUEIMAR

Aos 35 anos, David Ferrer está longe do nível que alcançou quando chegou à decisão de Roland Garros 2013. Se em 2015 ele faturou 5 títulos na temporada, nos últimos 2 anos Ferrer conseguiu levantar apenas um caneco, o de Bastaad. Depois de uma eliminação na primeira rodada do Aberto da Austrália, o Masters 1000 de Indian Wells é o grande teste para Ferrer provar não só para os adversários, mas também para ele mesmo, o que ele pode mirar nesta temporada do tênis mundial.

RETROSPECTO ENTRE OS DOIS

David Ferrer e Juan Martin del Potro são nomes experientes e com grande rodagem no circuito. Por isso os dois têm um extenso histórico de confrontos nas quadras, mas engana-se que o duelo é desequilibrado. Ao todo foram 12 jogos com 6 vitórias para cada lado. Mas vale lembrar que Juan Martin del Potro venceu os últimos 4 confrontos, o últimos deles há duas semanas, no ATP de Acapulco, no México.

QUEM LEVA ESSA?

Juan Martin del Potro se reencontrou no circuito e é um dos grandes nomes até esta altura da temporada. Ele não diminuiu a força de seus golpes e segue firme nos saques, fatores que só aumentam o favoritismo do argentino. Além disso, a última vitória de Ferrer sobre del Potro foi lá em 2012, no ATP Finals. Por isso o palpite é uma vitória de Juan Martin del Potro por dois sets a zero.

Foto: Télam