Renato Bernardes     |       16 fev 2018

Delbonis favorito para chegar à final em Buenos Aires

O ATP de Buenos Aires chega a sua fase semifinal e já tem confronto definido. O esloveno Aljaz Bedene encara agora o argentino Federico Delbonis, anfitrião do torneio. Os dois eliminaram tenistas consagrados ao longo da caminhada e agora se testam valendo uma vaga na grande decisão. Agora vamos ver os pontos positivos e negativos de cada um, além daquela ajudinha para definir o favorito para esse confronto.

BEDENE JÁ DERRUBOU UM ARGENTINO

Foi na fase quartas de final, quando o esloveno eliminou Diego Schwartzmann, algoz de Thomas Bellucci, por dois sets a zero em um duplo 6/4. Número 51 do mundo, Bedene já eliminou também o cabeça de chave número 3, Albert Ramos Viñolas há duas fases. Na estreia ele atropelou o tcheco Jiri Vesely, dois sets a zero. Um azarão se levarmos em conta os favoritos inicialmente, Bedene deve ter dificuldade para bater o experiente Delbonis.

DELBONIS JOGA EM CASA

Atual número 70 do mundo, Federico Delbonis já teve mais destaque no mundo do tênis. Chegou a aparecer na posição de número 33 do ranking da ATP em 2016, mas agora vive um momento de instabilidade na carreira. Duas vezes campeão de torneios ATP 250, em Marrakech em 2016 e o Brasil Open 2014, o argentino espera agora repetir a dose em seu país. Favoritismo para esse jogo ele tem.

RETROSPECTO ENTRE OS DOIS

Os dois se encontraram apenas uma vez no circuito mundial e a vitória ficou com Federico Delbonis. Mas faz tempo, hein. Foi lá em 2012 pelo Masters 1000 de Barcelona, dois sets a zero para o argentino.

QUEM LEVA ESSA?

Aljaz Bedene já fez o que tinha para fazer em Buenos Aires. Muito complicado imaginar um cenário que ele apareça para fazer frente ao argentino. Com isso a vitória mais provável deve ser de Federico Delbonis e por dois sets a zero.

Foto: ATP