Renato Bernardes     |       14 mar 2018

C. Hyeon pode aprontar contra Federer?

O grande nome da temporada no quesito revelação atende pelo nome de Chung Hyeon, um sul-coreano que vem dando o que falar em 2018. Aos 21 anos o tenista terminou o ano passado na posição de número 58 do ranking da ATP, mas começou a temporada voando baixo. Vamos passar aqui os grandes resultados de Chung Hyeon até aqui, os recordes quebrados e também a grande campanha dele no Masters 1000 de Indian Wells.

O GRANDE INÍCIO EM MELBOURNE

Poucos conheciam até então o menino da Coreia do Sul, nascido em 19 de maio de 1995. Foi em Melbourne, no Aberto da Austrália, que Chung Hyeon deixou o mundo boquiaberto. Os irmãos Zverev e o russo Medvedev, nomes já consolidados no circuito, ficaram pelo caminho. Mas foi na quarta rodada que ele atropelou simplesmente Novak Djokovic, por três sets a zero, escrevendo seu nome na história do primeiro Grand Slam da temporada. O sul-coreano foi cair apenas na semifinal, contra a lenda Roger Federer e por conta de uma lesão.

FAZENDO HISTÓRIA EM INDIAN WELLS

Subindo a cada atualização do ranking, Chung Hyeon já aparece no Top 30, na posição de 26 do mundo. E essa ascensão vai continuar, já que pela primeira vez na carreira o tenista chegou à uma semifinal de Masters 1000, feito que muito tenista consagrado não conseguiu. O adversário das quartas? O algoz de fevereiro, o maior da história, Roger Federer.

O QUE ESPERAR AGORA?

Eu poderia falar da história de Roger Federer, do momento e da consistência de seu jogo, argumentos que comprovariam um favoritismo inquestionável para o suíço contra Chung Hyeon. Mas o sul-coreano é especialista em aprontar para os grandes nomes do circuito mundial. Palpite? Queria, mas não vou dar essa vitória para o coreano ainda. Roger Federer leva essa por dois sets a um.

Foto: ATP