Matheus Vieira     |       09 jan 2018

Shapovalov pode aprontar para cima de Juan Martin del Potro

Começou o ATP de Auckland, um dos grandes desafios antes do início do Aberto da Austrália, que acontece a partir da próxima semana. Como já adiantado por aqui, alguns favoritos já venceram seus jogos de estreia. Quatro vezes campeão, o espanhol David Ferrer precisou apenas de 2 sets para bater o chinês Ybing Wu, já o brasileiro Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, não foi páreo para o menino de ouro do circuito: Denis Shapovalov. E é sobre o confronto do canadense que falaremos agora, contra a lenda Juan Martin del Potro, pela segunda rodada.

POR QUE SHAPOVALOV PODE VENCER?

Denis Shapovalov tem apenas 18 anos e muito talento. Aos 16 já era campeão juvenil do torneio de Wimbledon, com essa credencial, claro, muito se espera dessa jóia do circuito mundial que em seu segundo ano como profissional já terminou a temporada no Top 50.

Agora ele tem pela frente Juan Martin del Potro, campeão do US Open 2009 e com um currículo invejável. Um confronto de gerações e que já aconteceu uma vez, foi no Masters 1000 do Canadá, ano passado, com vitória do garoto por dois sets a zero.

COMO VEM JUAN MARTIN DEL POTRO?

Cabeça de chave número 2 do ATP de Auckland, Juan Martin del Potro vai sempre conviver com as dúvidas sobre sua condição física. Do final de 2014 até os Jogos Olímpicos de 2016 o argentino ficou praticamente parado, chegando a ocupar até a posição 1045ª do ranking da ATP. Mas foi no Rio de Janeiro que Delpo renasceu. De lá para cá ele vem crescendo mês a mês e fechou 2017 na 12ª posição do ranking. Mas os jogos longos têm sido desgastantes para o jogador, junte isso ao calor de Auckland com o período de início de temporada, bom temos uma resposta para essa equação que não é das mais feliz para o argentino. Jogo duríssimo, talvez o melhor do campeonato, logo na 2ª rodada.

QUEM LEVA ESSA?

Apesar do favoritismo pelo currículo e o fim de ano em altíssimo nível, o preparo ainda longe do ideal deve ser o calcanhar de Aquiles de del Potro em Auckland. Minha dica é uma vitória por dois sets a um para Denis Shapovalov e passaporte carimbado para as quartas de final.

Foto: Baseline - TENNIS.COM