Renato Bernardes     |       10 fev 2018

Thiago Monteiro bate Gael Monfils e faz história em Quito

Depois de uma temporada 2017 bem discreta para o tênis brasileiro no circuito de simples, o ano de 2018 começa mais promissor. Talvez o grande resultado dos últimos anos tenha acontecido ontem no Equador, no ATP de Quito, com a vitória de Thiago Monteiro sobre o experiente Gael Monfils. Agora vamos levantar aqui as possibilidades dele ir além e, quem sabe, conquistar seu primeiro título de ATP em sua promissora carreira. Vamos aos números, começando pelo duelo de ontem.

VITÓRIA MAIÚSCULA SOBRE MONFILS

Para se ter uma ideia os dois já tinham se enfrentado uma vez, foi no ano passado, pela primeira rodada de Roland Garros. Três sets a zero, um jogo relâmpago e sem sustos para Monfils. O francês, atual número 43 do ranking, mas que já foi 6 do mundo, era muito favorito para o jogo, mas viu Thiago se impor e não se abalar com os break points. Vitória de Thiago Monteiro por 6/4, 2/6 e 6/4 em quase duas horas de partida.

AGORA TEM OUTRA PEDREIRA

Não era de se esperar nada diferente. Na semifinal do ATP de Quito o brasileiro encara o espanhol Albert Ramos Viñolas, cabeça de chave número 2 do torneio. O espanhol vem de uma vitória tranquila sobre Gerald Melzer nas quartas de final, dois sets a zero em pouco mais de uma hora de jogo. Número 21 do mundo, Ramos-Viñolas já enfrentou uma vez Thiago Monteiro e venceu. Foi no ATP de Bastad, na Suécia, ano passado. Vitória por dois sets a um e um jogo duríssimo.

TÍTULO É REALIDADE?

No atual circuito Albert Ramos Viñolas é um adversário do mesmo nível de Gael Monfils, apesar do espanhol não ter conquistado o que o francês conseguiu em sua vitoriosa carreira. Thiago já conseguiu uma façanha e está motivado. Aposto em uma vitória dele por 2 sets a 1 e vale lembrar, o outro lado da chave tem dois tenistas vindo do qualy se enfrentando. Ou seja, grandes chances do título ficar nas mãos de Thiago caso passe por Ramos Viñolas.

Foto: ATP