Em negociação com Real Madrid, Rodrygo não viaja para enfrentar o Fluminense
  Eduardo Costa     |       12 jun 2018

Em negociação com Real Madrid, Rodrygo não viaja para enfrentar o Fluminense

O Santos divulgou uma nota oficial nesta terça-feira (12) sobre a ausência de Rodrygo na viagem para o Rio de Janeiro, onde vai enfrentar o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro.

"O Santos F.C. esclarece que a saída do atacante Rodrygo da delegação que enfrentará o Fluminense nessa 4ª feira não ocorreu por desejo do clube. O Santos entende que as já públicas negociações para sua venda ao futebol europeu permanecem. O Clube não cederá a pressões desproporcionais e, reitera, acredita na continuidade das negociações em andamento para que seu percentual de 80% seja respeitado".

A multa rescisória do jogador é de 50 milhões de euros, porém o Santos aceitou receber 40 milhões, que é 80% da multa rescisória de Rodrygo.

Na negociação de Rodrygo com o Real Madrid existe um acordo para o atacante se apresentar ao clube espanhol em julho de 2019, ou seja, seis meses após ele completar os 18 anos.

"Já está acordado nesse contrato que ele ficaria no mínimo mais um ano. Nós pedíamos para o Real é que fique um ano e meio. Entendo jogador dizer que não tem cabeça para jogar. Qualquer tipo de lesão pode atrapalhar uma negociação desse porte. Agora, para ele jogar amanhã, estamos analisando a possibilidade de fazer um seguro para que ele possa atuar. Ele tem medo de se machucar e isso tem que ser levado em consideração", disse o presidente do Santos, José Carlos Peres, ao canal SporTV.

Foto: Ivan Storti/Santos FC